sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Conflito do homem

Inconsciente reprimido
Inquietude acalmada, negada pelo medo do enfrentamento do conflito necessário!
Para, e não expande.
O que era aos dezoito continua aos 50.
Sementinha não regada, não colhida.
Reflexo é na banalidade da indiferença
Foge dos momentos religare:
Chorar, quebrar o pau, solidão que da o rumo, ouvir o silencio tu-tu, tu-tu,
tu-tu..
Desconhece a busca, o caminho de quem tem fé, que mergulha de cabeça no desconhecido, infinitu-TU.

3 comentários:

karina disse...

Eh isso até achar o segredo..
..
..
..

Gil. disse...

gostei. vou. voltar.

ayná cadetti disse...

ou vamo agitar ese blog ai cade os pensamentos fugiram
adorei
te amo querido saudaes mesmo